O PROJETO

            Desde 2017 o Viva Agroecologia estimula, com diversos materiais educativos, a implantação da biodiversidade das PANC (Plantas Alimentícias Não Convencionais) na pedagogia, nas hortas e nos cardápios escolares. O projeto realizado pelo Instituto Kairós e Secretaria do Verde e do Meio Ambiente/UMAPAZ, com recurso de emenda parlamentar e apoio de diversos parceiros, buscou  aplicar  o que estava previsto no Dec. 56913/16, que regulamentou a Lei de Orgânicos na Alimentação Escolar do Município de São Paulo (Lei 16140/15), e foi iniciado na EMEF Desemb. Amorim Lima, no município de São Paulo (2017-2018). A iniciativa, desde então, passou a articular a Rede de Viveiros de PANC e a inspirar escolas, educadores e municípios de diversos lugares do país. A partir de 2021, com os mesmos realizadores, e também com recurso de emenda parlamentar e apoio de diversos parceiros, o projeto amplia sua atuação incluindo conteúdos de arte-educação e apoio à edição de vídeos da série de programas Sabores da Agricultura Familiar (www.saboresagriculturafamiliar.org.br). Agora o Viva Agroecologia traz um rico conteúdo educativo, disponível para ser aplicado nas hortas, nos cardápios, na pedagogia e na arte-educação, em todos os lugares (casas, comunidades, escolas, hospitais, etc.), buscando contribuir com uma sociedade mais saudável, solidária e sustentável. 

Para saber mais:

Comissão Gestora do acompanhamento da Lei de Orgânicos na alimentação escolar de São Paulo
Estampa para a camiseta comemorativa do Decreto 56913/16 que regulamentou a Lei Municipal de São Paulo de Orgânicos na Alimentação Escolar ( desenho e frase da Dra Ana Primevesi )

Aquisição de Alimentação Escolar da Agricultura Familiar e Agroecológica do Município de São Paulo (Acesso à Lei 16140/15 e sua regulamentação: Decreto 56913/16)

Agradecimento aos apoiadores do projeto 2017-2018

Agradecimento aos apoiadores do projeto 2020-2021

Realização